Série ERROS COMUNS NA ALIMENTAÇÃO #3

Confira nesta série as dicas da nutricionista Claudia Ruiz Santana, responsável pela Oficina de Nutrição da Lareira Instituição. Você também pode participar desta e de outras oficinas, gratuitamente! Acesse o site da Lareira e informe-se!

Esta é a 3ª parte da série de seis artigos sobre o tema.

A educação alimentar é uma das principais ferramentas para entrar em forma, e a mudança de hábito começa dentro de casa.

mesa fartaTemos aqui erros bastante comuns na alimentação do brasileiro, com orientações simples de como evitar estes hábitos. E é nas pequenas mudanças que o excesso de peso e as doenças ligadas a ele vão diminuindo.

Tomar muito chá verde com o objetivo de emagrecer – O chá verde tem sim seus benefícios. Ele possui o epigalato 3, uma sustância que tem uma ação termogênica, ou seja, acelera o metabolismo. Mas a quantidade é pequena, varia entre 5% e 10%. O que significa que tomar chá verde o dia todo não é a solução para o emagrecimento. Além disso, ele tem seus contras. Ele tem alto teor de cafeína, então, quando é ingerido logo após as refeições, acaba comprometendo a absorção de micronutrientes como ferro e cálcio.

Mistureba no prato – Quem nunca cometeu exageros na hora da fome no restaurante por quilo? Basta dar uma olhadinha nos pratos mais lotados para se comprovar a presença de arroz, macarrão, comida japonesa, feijoada e muitas outras combinações estranhas. A prática é um erro. O ideal é consumir um grupo de alimentos a cada refeição. A mistura de grupos deixa o prato pouco saudável e mais calórico.

Se segurar o dia todo e compensar na “gula” à noite –Este é um péssimo hábito, especialmente porque à noite o metabolismo fica mais lento. É o momento do dia em que você tem que comer menos, porque não vai ter um gasto de energia considerável e seu corpo esta se preparando pra descansar. Além disso, o fato de comer muito pode causar insônia e pesadelos.

Misturar dois carboidratos no prato –Apesar de esta combinação ser uma das grandes vilãs das dietas, a mistura pode ser feita desde que as porções sejam divididas de forma que somem uma porção. Se for comer purê de batatas, coma apenas duas colheres de sopa, com duas de arroz.

Almoçar ou jantar cada dia em um horárioPara quem tem rotina, fica fácil se organizar para fazer as refeições todos os dias no mesmo horário. Mas para quem tem um trabalho  mais atípico isso já fica mais difícil. O maior problema nesse sentido é o período de jejum que se forma. As pessoas acabam comendo muito mais do que deveriam e fica aquele sentimento de “posso tudo porque fiquei o dia todo sem comer”. Se a pessoa não consegue colocar uma rotina, o ideal é fazer um lanche ou algo do tipo. O fato de ficar muito tempo sem comer também contribui para a perda da massa muscular. Quando você não dá energia para o corpo, ele busca da reserva.

Fontes:  Terra Eufic, Minha Vida

Artigos da Série ERROS COMUNS NA ALIMENTAÇÃO:

Série ERROS COMUNS NA ALIMENTAÇÃO #1

Série ERROS COMUNS NA ALIMENTAÇÃO #2

Série ERROS COMUNS NA ALIMENTAÇÃO #3

Série ERROS COMUNS NA ALIMENTAÇÃO #4

Série ERROS COMUNS NA ALIMENTAÇÃO #5

Série ERROS COMUNS NA ALIMENTAÇÃO #6

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s