Os benefícios de aprender francês

O francês é uma língua europeia amplamente reconhecida em todo o mundo e a terceira mais falada no continente. Países como Suíça, Bélgica, Luxemburgo, Mónaco e todos têm o francês como língua oficial.

Francês também é falado nas Américas. O Canadá tem Inglês e francês como línguas oficiais, com muitos canadenses de língua francesa como primeira língua. Também é amplamente falado nos EUA, especialmente em Louisiana um estado com uma forte influência francesa. Por causa da colonização francesa e belga, a linguagem é também uma língua importante na África, com muitos países Africano reconhecê-la como língua oficial.

Ao aprender francês você será capaz de comunicar-se com muitas pessoas de todo o mundo. Se você visitar qualquer um dos países de língua francesa, você receberá uma experiência muito maior, falando a linguagem e ser capaz de explorar a vida e as culturas mais profunda e mais do que você teria sido capaz de antes.

Finalmente, como o ambiente empresarial está se tornando mais e mais globais as competências linguísticas que você pode abrir portas infinitas para você. Devido aos empregadores mundo globalizado amar as pessoas que falam vários idiomas, portanto, tornando as aplicações seu trabalho destacam-se da multidão e aumentar seu potencial para a promoção! As muitas oportunidades que você pode ganhar são quase infinitas, você pode começar o negócio e parcerias de organizações francesas, obter estágios em países de língua francesa ou se você for um estudante ser capaz de estudar no exterior, fortalecendo o seu grau em relação à empregabilidade futura.

Para recapitular, os principais benefícios que você pode ganhar aprendendo francês são a popularidade e expansão da língua, sendo capaz de comunicar-se com muitas mais pessoas e a força que você vai ganhar no mundo do trabalho.

Fonte

Anúncios

10 benefícios psicológicos de aprender um novo idioma

Vários estudos comprovam que um segundo idioma pode beneficiar seu cérebro de diversas maneiras. Confira algumas delas:

1. Crescimento do cérebro

Como resultado de uma aprendizagem bem-sucedida os centros de língua do cérebro costumam crescer, de acordo com pesquisa publicada em 2012. Por isso, quanto mais você aprende mais as áreas vitais do seu cérebro se desenvolvem.

2. Afastamento de demência

De acordo com um estudo conduzido em 2012, o bilinguismo atrasa a doença de Alzheimer em até cinco anos nas pessoas mais suscetíveis.

3. Desenvolvimento de habilidades de escuta

Ser bilíngue pode levar a melhores habilidades de escuta, já que o cérebro precisa trabalhar mais para distinguir diferentes tipos de sons em duas ou mais línguas. Pelo menos é o que mostra um estudo realizado durante o ano de 2012.

4. Desenvolvimento de sensibilidade à linguagem

Crianças de famílias bilíngues podem distinguir idiomas de que nunca ouviram falar antes, segundo estudo publicado no ano de 2011. Dessa maneira, a exposição a diferentes sons, como o catalão e o espanhol, ajuda a perceber a diferença entre outros idiomas, como inglês e francês.

 

5. Aumento na memória

Estudo publicado no início de 2013 mostra que bebês criados em ambiente bilíngue têm memória de trabalho mais forte do que a das crianças familiarizadas com apenas um idioma. Isso representa melhor desempenho em cálculo mental, leitura e outras habilidades.

6. Aumento na capacidade multitarefas

Pessoas que falam duas línguas podem mudar de uma tarefa para outra com mais facilidade, como mostra estudo publicado em 2013. Elas tendem a apresentar mais flexibilidade cognitiva e acreditarem que é mais fácil se adaptar a circunstâncias inesperadas.

7. Aumento na capacidade de atenção

Pessoas bilíngues apresentam maior controle sobre sua atenção, além de serem mais capazes de eliminar distrações, segundo estudo de 2010.

 8. Capacidade de duplicação ativada

O aumento das funções cognitivas, como aumento de atenção e capacidade de multitarefas, se apresenta em pessoas bilíngues por conta da capacidade de manter duas línguas ativadas ao mesmo tempo, além da monitoração contínua de qual delas é mais adequada para o momento. Segundo estudo de 1999, a mudança confere benefícios mentais.

9. Desenvolvimento de múltiplos pontos de vista

Aprender uma nova língua pode mudar literalmente a maneira como você vê o mundo. Um estudo publicado em 2010 mostra que aprendendo Japonês, que possui termos básicos para azul claro e azul escuro, por exemplo, você pode passar a perceber as cores de uma maneira diferente.

10. Desenvolvimento da sua primeira língua

Uma vez que a aprendizagem de uma segunda língua aumenta sua atenção para regras abstratas e estrutura da língua, isso pode melhorar a sua língua mãe.

Fonte

 

Domínio de outro idioma aumenta salário em até 51,89%

Trata da importâcia do conhecimento de idiomas para o sucesso profissional fundamentada em diferentes pesquisas de campo

Wagner Siqueira, 14 de abril de 2013

Estudo recém apresentado pela consultoria Catho mostra que o domínio de um idioma estrangeiro pode aumentar o salário em até 51,89%. A pesquisa analisou 2.444 cargos em 19 mil empresas de todo o Brasil, comparando diferentes níveis hierárquicos e graus de fluência na língua inglesa e espanhola.

Outra pesquisa, realizada pelo Sistema CFA/CRAs em novembro de 2011, revela que apenas 47,20% dos Administradores brasileiros dominam algum idioma. O levantamento ouviu 17.982 profissionais em todo o Brasil.

No estado do Rio de Janeiro 44,28% dos profissionais de administração pesquisados não dominam qualquer idioma estrangeiro. Situação preocupante, sobretudo quando consideramos a proximidade dos grandes eventos internacionais como a Jornada Mundial da Juventude, a Copa de 2014 e as Olimpíadas de 2016 que demandam significativo contingente de pessoal para as áreas da administração.

Dados alentadores surgem ao verificarmos, na pesquisa realizada no âmbito do CRA-RJ, que dentre os Administradores fluminenses formados nos anos de 2006 a 2011 essa fluência em línguas estrangeiras salta para 67,31%; contra 26,68% dos formados de 2000 a 2005 e 14,82% dos concluintes entre 1990 e 1999.

Não resta dúvida de que o investimento em cursos de línguas é uma ótima oportunidade para ampliar a empregabilidade e também para auferir ganhos salariais em um mercado de trabalho cada vez mais competitivo. Aliás, muitas entrevistas de seleção começam o “papo” no idioma estrangeiro desejado pela empresa contratante.

Ah sim, uma última advertência, o português não pode ser deixado de lado! Os brasileiros também devem ser proficientes em sua língua materna.

Fonte 

Grandes eventos criam vagas para profissionais com língua estrangeira. Confira oportunidades

Setor que mais deve empregar é o de serviços como, hotelaria, transporte e restaurantes

Do R7, com Hoje em Dia

O Brasil será a sede de diversos eventos internacionais como Copa das Confederações, Copa do Mundo e Olimpíadas. Para conseguir se dar bem nesta época, o trabalhador do setor de serviços terá que aprender a falar outras línguas, principalmente o inglês, para poder se comunicar com os clientes.

Para as novas vagas que estão abrindo no setor serviços, como hoteleiro, gastronômico e de vendas, terão vantagem o candidato que estiver melhor preparado, e com um curso de idiomas no currículo.

Segundo levantamento feito pela FGV (Fundação Getúlio Vargas), no estado de São Paulo, 500 novas oportunidades de negócios serão gerados, impulsionados pelos eventos esportivos, o equivalente a metade todas as oportunidades brasileiras. 
Em alguns Estados-sede como o Recife, os taxistas estão fazendo cursos de inglês online. No Paraná, o programa “Taxista Nota Dez” deve treinar 400 motoristas, até maio de 2014, preparando-os para receber mais 160 mil turistas estrangeiros.

Na capital da Bahia, salvador, um programa de qualificação está ensinando os trabalhadores que lidam diretamente com os turistas a explicar, em inglês, os produtos que estão vendendo.

Mas há ainda quem confie no velho “jeitinho brasileiro” para conseguir fazer negócio e lucrar com os gringos.

Fonte

Gosta da Cultura Francesa?

Mostra do Sesi reúne filmes da nova safra do cinema francês

Catraca Livre, Redação em 28 de março de 2013

388765_510561168980899_2085179491_n

De 3 de abril a 5 de junho o público do Sesi confere dez filmes da nova safra da cinematografia francesa. A seleção, que inclui longas de animação e títulos que retratam o universo jovem europeu, acontece às 20h30 das quartas-feiras, com entrada Catraca Livre.

O festival se inicia com a animação “O Quadro”, do diretor Jean-François Laguionie.

Clique aqui para ver a programação completa

Fonte