Série ERROS COMUNS NA ALIMENTAÇÃO #2

Confira nesta série as dicas da nutricionista Claudia Ruiz Santana, responsável pela Oficina de Nutrição da Lareira Instituição. Você também pode participar desta e de outras oficinas, gratuitamente! Acesse o site da Lareira e informe-se!

Esta é a 2ª parte da série de seis artigos sobre o tema.

A educação alimentar é uma das principais ferramentas para entrar em forma, e a mudança de hábito começa dentro de casa.

refrigeranteTemos aqui erros bastante comuns na alimentação do brasileiro, com orientações simples de como evitar estes hábitos. E é nas pequenas mudanças que o excesso de peso e as doenças ligadas a ele vão diminuindo.

Não mastigar bem – Comer rápido é uma característica do mundo moderno e, às vezes, para ganhar alguns minutos, muita gente mal sente o gosto da comida. Não mastigar os alimentos leva a um processo de má digestão e ainda a um maior consumo de calorias, já que a sensação de saciedade leva de 15 a 20 minutos para acontecer. O ideal é mastigar o alimento até que ele fique sem grandes pedaços sólidos. Descanse o talher no prato, se necessário, para ajudar neste processo, coma em pratos pequenos e com talheres pequenos. Procure demorar uns 20 minutos ou mais para fazer sua refeição.

Tomar muito refrigerante –O refrigerante não só contribui com o aumento de peso pela quantidade açúcar, como também pode trazer outros problemas. Os lights e diet podem ser prejudiciais pelo excesso de adoçantes. SE FIZER QUESTÃO, deixar para consumir aos finais de semana de maneira controlada ou substituir por sucos naturais sem açúcar.

Tomar líquido na hora da comida –Um copo de 200 a 250 ml durante a refeição não vai atrapalhar em nada. O problema é que as pessoas tomam muito durante a refeição e, se exceder, isso pode atrapalhar na absorção dos nutrientes. No caso de idosos, que têm a diminuição de secreções, como a saliva, além de dificuldade na mastigação, o líquido é um aliado, mas sempre respeitando os limites de quantidade.

Não tomar água –Corpo desidratado pode gerar um envelhecimento precoce e danos nas células, causando um desequilíbrio no organismo. A água é responsável por funções metabólicas em diversas sínteses do organismo.

Beber líquido em excesso –Pecar pelo excesso pode comprometer o processo de digestão. A água é o nutriente mais importante do organismo, porque toda reação química depende de água. A boa ingestão de água ao longo do dia faz com que você segure um pouco a alimentação. A ideia é chegar aos 2 litros por dia, considerando líquidos em geral.

Beliscar o dia todo –O hábito de beliscar é um problema para muita gente. O ato pode  virar uma constante e trazer diversos problemas. Beliscar alimentos calóricos pode gerar um aumento de peso e a compulsão alimentar.

Comer em grande quantidade –Para garantir a boa forma não é preciso parar de comer, mas  fazer escolhas inteligentes e ter bom senso na hora de montar um prato. O ideal é fracionar as refeições. Quando consumimos muitas calorias de uma só vez, a chance de  excessos é grande e isso faz com que o organismo estoque em forma de gordura.

Fontes:  Terra Eufic, Minha Vida  

Artigos da Série ERROS COMUNS NA ALIMENTAÇÃO:

Série ERROS COMUNS NA ALIMENTAÇÃO #1

Série ERROS COMUNS NA ALIMENTAÇÃO #2

Série ERROS COMUNS NA ALIMENTAÇÃO #3

Série ERROS COMUNS NA ALIMENTAÇÃO #4

Série ERROS COMUNS NA ALIMENTAÇÃO #5

Série ERROS COMUNS NA ALIMENTAÇÃO #6

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s