Cuidados básicos podem amenizar os efeitos do tempo na pele

A dermatologista Annia Cordeiro Lourenço alerta que, na terceira idade, a pele precisa de atenção especial. “Com o tempo, acontece a perda de colágeno, elastina e água. Além disso, as células ficam desorganizadas, o que causa a perda de tonicidade da pele, deixando aquele aspecto de flacidez”, explica.
O sol, cigarro e outros hábitos prejudiciais, como uma alimentação não balanceada, contribuem para o envelhecimento acentuado da pele.
Após os 60 anos, além dos aspectos estéticos, esses danos deixam o indivíduo mais suscetível a câncer e outras doenças de pele. “Nessa idade, a pele já sofreu com agressões como o fumo e o excesso de sol, e esses danos se acumulam, resultando na baixa imunidade da pele e tornando-a vulnerável a infecções”. A indicação é que os idosos procurem um dermatologista para avaliar se há riscos de desenvolver doenças, como se prevenir ou tratar, se houver algum caso.
Para tentar minimizar os riscos e proteger a pele, a orientação é hidratar. “Com o tempo as glândulas sebáceas se atrofiam, produzindo menos gordura, responsável por proteger a pele. Com a redução das ceramidas produzidas pela epiderme, a pele fica mais frágil. A hidratação é essencial para repor essa perda”, ressalta a dermatologista. Além do hidratante, outro produto que deve ser usado diariamente é o protetor solar. Mesmo na terceira idade, é fundamental se proteger dos raios solares que podem causar queimaduras, manchas, além de colaborar para o aparecimento do câncer de pele.
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s